Central de Notícias

Vereador Flávio Comajo propõe isenção de IPTU para famílias com pessoas com TEA em Cajamar

A isenção do IPTU proposta pelo vereador visa amenizar os custos financeiros das famílias que têm pessoas com TEA.

5 de Abril - O vereador Flávio Comajo, apresentou o requerimento 09/2024, solicitando à Prefeitura de Cajamar informações sobre a existência de estudos para a concessão de isenção do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) para imóveis que sejam de propriedade e residência de contribuintes com Transtorno do Espectro Autista (TEA), bem como seus cônjuges e filhos.

O TEA, mais conhecido como autismo, é uma condição neurológica que afeta a comunicação, o comportamento e a interação social das pessoas. A isenção do IPTU proposta pelo vereador visa amenizar os custos financeiros das famílias que têm pessoas com TEA, uma vez que os gastos com tratamentos e terapias específicas para essa condição podem ser elevados.

Na justificativa apresentada, o vereador Flávio Comajo ele destaca que, embora o Estatuto da Pessoa com Deficiência garanta atenção integral à saúde dessas pessoas por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), com atendimento universal e gratuito, os custos extras para garantir o acesso a todas as terapias necessárias são consideráveis e podem comprometer significativamente a renda das famílias. “A isenção do IPTU é vista como um meio de promover a responsabilidade social e proporcionar melhores condições de vida para as pessoas com TEA e suas famílias. Essa medida poderia aliviar parte dos gastos dessas famílias, permitindo-lhes direcionar recursos para o tratamento e o bem-estar dos indivíduos com autismo”, afirmou o parlamentar.

Ao solicitar informações à Prefeitura de Cajamar sobre a possibilidade de implementação dessa isenção, o vereador demonstra preocupação com a inclusão e o suporte adequado às pessoas com TEA na cidade, buscando políticas que possam beneficiar diretamente essas famílias e melhorar sua qualidade de vida.

Leia Também

Velório será na Câmara Municipal no dia 20 de maio às 13h

As indicações do vereador Marcelo do Gás foram motivadas pela preocupação com a saúde e segurança dos moradores das respectivas áreas.